RANCHO CAIÇARA NO PEREQUÊ-AÇU PRESERVA A CULTURA TRADICIONAL


O Rancho Caiçara, que está sendo construído na praia do Perequê-açu, é uma parceria entre o Instituto Argonauta, a Aarcca (Associação dos Amigos e Remadores de Canoa Caiçara), a ONG Peregrinos, com a participação da Prefeitura Municipal , da empresa Terramare ligada ao Aquário de Ubatuba e da comunidade tradicional, para a difusão da cultura caiçara, com foco no desenvolvimento do turismo sustentável em Ubatuba.

De acordo com o pescador Mario Ricardo, conhecido por Mario Gato, integrante da Aarcca, o objetivo do Rancho Caiçara é ser um centro irradiador da cultura caiçara. “Vamos desenvolver muitas atividades como oficinas de construção de canoas e remos, artesanatos, como os balaios, culinária, instrumentos musicais e competições esportivas, como as tradicionais corridas de canoas caiçara”, afirmou Mario Gato.

A construção do rancho obedece o estilo de arquitetura artesanal, desde sua concepção, com o uso de materiais e o método de construção, utilizando-se a técnica de taipa ou pau-a-pique, remetendo aos ranchos de pesca tradicionais do litoral Norte e está sendo construído em regime de mutirão, com ajuda da comunidade caiçara
A realização do Rancho Caiçara foi possível com a participação da Prefeitura Municipal que cedeu o direito do uso da área de praia, pelo Instituto Argonauta que doou o material de construção, da empresa Terramare ligada ao Aquário de Ubatuba que desenvolveu gratuitamente o projeto e licenciamento e das entidades Aarcca e Peregrinos que entraram com a mão de obra e irão gerir o espaço.

O diretor presidente do Instituto Argonauta, o oceanógrafo Hugo Gallo, disse que a construção do Rancho Caiçara além de ser um polo para a preservação da cultura do povo caiçara, também será um fator de desenvolvimento para o turismo local. “O Rancho Caiçara está sendo construído em frente à base do Instituto Argonauta, onde em breve vamos inaugurar o Museu da Vida Marinha, que será um grande centro de atração turística para a cidade e região”, afirmou ele.

O vereador Rochinha do basquete , que apoiou a iniciativa desde o início e participou dos mutirões comenta que “este é apenas o início de um projeto que prevê no futuro a construção de um Centro de Tradições Caiçaras na área municipal contígua ao Argonauta e que será uma referência na preservação da cultura regional “.

Desenvolvido por: