INSTITUTO ARGONAUTA PARA CONSERVAÇÃO COSTEIRA E MARINHA – IACCM


logo argonauta Em Julho de 1998 a Diretoria do Aquário de Ubatubae outros profissionais envolvidos na proteção do meio ambiente, fundaram o Instituto Argonauta para a Conservação Costeira e Marinha, uma ONG sem fins lucrativos, reconhecida em 2007 como OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público).

Criada com o objetivo de incentivar, promover, desenvolver e apoiar a cultura, a educação, a pesquisa e a conservação ambiental e ações voltadas à defesa, elevação e manutenção da qualidade de vida do ser humano e do meio ambiente, atua na Educação Ambiental voltada à Conservação Costeira e Marinha, Capacitação de mão de obra, e, principalmente, no Resgate e Reabilitação de Fauna.

 

Por meio do patrocínio do Aquário de Ubatuba e do Convênio com a Petrobrás, o Instituto Argonauta opera o CETAS (CENTRO DE REABILITAÇÃO E TRIAGEM DE ANIMAIS AQUÁTICOS), um dos seus principais projetos, que atua no resgate e reabilitação de fauna aquática.

As atividades de resgate e reabilitação visam o desenvolvimento e uso de estratégias que tornem mais efetivas as atividades relacionadas à recuperação e soltura dos animais, dando-lhes uma chance real de sobrevivência. Propõe-se ainda a realização de trabalhos educativos junto às colônias de pescadores, comunidades tradicionais, profissionais da área, estudantes e comunidade em geral, que contribuam para a elaboração de uma rede de informações sobre as ocorrências destes animais seguindo sugestão do Plano de Ação de Mamíferos Aquáticos do Brasil (IBAMA, 2001).

Ainda, participa da Rede de Encalhes de Mamíferos Aquáticos no Sudeste (REMASE), e da REMAB – Rede de Encalhes de Mamíferos Aquáticos do Brasil. Desde sua fundação, já foram atendidos 2221 animais, sendo que destes cerca de 40% foram reabilitados e devolvidos à natureza. Vale destacar que os dados coletados nas ações desenvolvidas são convertidos em publicações científicas, através de pesquisas realizadas pela equipe técnica do Instituto Argonauta em conjunto com o Aquário de Ubatuba, e outras instituições com as quais são estabelecidas parcerias específicas para esse fim.

Outras parcerias são promovidas conjuntamente com o Aquário de Ubatuba, tais como:

1. Museu da Vida Marinha

Criado em Janeiro de 2006, pelo Aquário de Ubatuba com o apoio do Instituto Argonauta, mostra a evolução da vida no mar, apresentando painéis educativos e cerca de 300 peças entre algas, moluscos e crustáceos, peixes, tubarões, e esqueleto de baleia.

2. Educação Ambiental

Campanhas e mutirões são promovidos, conjuntamente com o Aquário de Ubatuba, tais como campanha contra o lixo no mar, mutirões de limpeza de praias, inclusão social no trabalho de educação ambiental através do ingresso de escolas municipais e população de baixa renda às instalações do Aquário de Ubatuba e do Museu da Vida Marinha, além de atividades desenvolvidas através de parceria com escolas do município na execução de projetos multidisciplinares, dando suporte, monitoria e instrumentalizando os alunos para conhecerem e preservarem o ambiente marinho.

3. Capacitação

O Programa de Estagiários forma anualmente diversos alunos de graduação em oceanografia, biologia, veterinária e outras áreas afins para a conservação marinha.

 

O Instituto possui convênio e protocolos de cooperação técnico-científica com 46 instituições universitárias, entre públicas e particulares. Este convênio tem permitido a capacitação dos estagiários, além da realização de monografias de conclusão de curso, dissertações e outras publicações.

A capacitação e formação profissional direcionada à conservação marinha também ocorre através da realização e organização de cursos de extensão universitária e formação de agentes ambientais, em parceria com o Aquário de Ubatuba e outras instituições, como o Projeto Tamar ICMBio. Essas ações já atenderam, até o momento, mais de 1000 estudantes e profissionais nas seguintes áreas: “Reabilitação de Mamíferos e Aves Marinhas”; “Conservação dos Recursos Naturais – Reflexões, Perguntas e Considerações: o Exemplo das Tartarugas Marinhas”; “Projeto Tamar-ICMBio – Conservação de Tartarugas Marinhas”; “Conservação e Biologia de Mamíferos Marinhos”; “Conservação e Biologia de Tubarões e Raias” e o “Curso de formação de agentes ambientais da Petrobrás”.

 

 

 

Desenvolvido por: